O Facebook está criando um sistema operacional do “zero” para tornar-se, por fim, independente. Mark Lucovsky, programador que esteve presente na construção do Windows NT, foi o escolhido para essa missão. Até agora, produtos das linhas Oculus (os óculos de realidade virtual) e Portal (a linha de dispositivos para ligações de vídeo) permanecem dependentes da Google para funcionar.

Essa iniciativa servirá como uma garantia para o Facebook, sobretudo diante de uma possível desavença com a Google. Nesse caso, os dispositivos do Facebook não ficarão à deriva. Além disso, um sistema operacional próprio permitirá que seus serviços e plataformas sociais (como o Facebook, Instagram e WhatsApp) tenham uma maior integração.

Não é a primeira vez que o Facebook tenta alcançar seus concorrentes. Em 2013, a companhia criou um celular com hardware da HTC que rodou em uma versão “modificada” do Android e possuía uma interface estruturada pelo Facebook. O produto não deu muito certo e acabou caindo no esquecimento, mas já demonstrava as intenções da companhia de tornar-se mais independente.

Imagem e Fonte: https://www.tecmundo.com.br/software/148755-facebook-largar-android-fazer-sistema-operacional-proprio.htm