A fabricante de processadores Intel lançou uma atualização de segurança para corrigir uma vulnerabilidade designada de “Plundervolt”.

O problema, descoberto por um trio de especialistas, permite obter dados do SGX, uma área reservada para o processamento de dados sensíveis, por meio da alteração da tensão elétrica durante a operação do processador.

O SGX é uma tecnologia de isolamento para que o processador possa realizar operações criptográficas ou armazenar dados de autenticação de forma segura. O objetivo é manter esses dados fora do alcance de outros aplicativos, mas a Plundervolt derruba essa barreira.

Assim como as brechas Meltdown, Spectre e outras que atingem características complexas dos processadores, é pouco provável que usuários domésticos corram algum risco.

Imagem e Fonte: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/blog/altieres-rohr/post/2019/12/14/intel-corrige-falha-que-manipula-processador-com-controle-de-tensao-eletrica.ghtml