Apesar de ser conhecido pela segurança, o macOS se tornou um alvo para os cibercriminosos durante o ano de 2019. Segundo dados da empresa de segurança Malwarebytes, o sistema operacional da Apple teve um crescimento anual de 400% no número de ameaças encontradas e, pela primeira vez, superou o Windows na incidência de vírus.

De acordo com o relatório anual da Malwarebytes, o Mac teve um volume de malwares desenvolvidos de 11 ameaças por usuário em 2019, enquanto o índice no Windows foi de 5,8 para cada computador. Enquanto a dominância do sistema da Microsoft pode afetar esse cálculo, o crescimento dos vírus feitos para os PCs da Apple ainda impressiona: em 2018, a média de softwares maliciosos criados para macOS era de 4,8 para cada máquina.

O relatório aponta que o crescimento dos malwares feitos especificamente para Mac pode estar ligado ao aumento no número de usuários da plataforma da Apple. No último trimestre do ano passado, o sistema operacional alcançou uma fatia maior de mercado por causa da migração dos donos de PCs com Windows 7, que perdeu o suporte oficial em janeiro.

Imagem e Fonte: https://www.tecmundo.com.br/seguranca/150219-mac-supera-windows-volume-malwares-primeira-vez.htm