Começou o Carnaval, a festa popular mais famosa do Brasil e talvez do mundo. Nesse período de blocos de rua e desfiles de escola de samba, com muita folia e aglomerações, não é bom deixar de cuidar do seu companheiro de todas as horas, o smartphone.

Pensando nisso, preparamos um guia para você que vai pular o Carnaval neste final de semana não ficar sem seu celular no meio da folia. E também para você usar com segurança o smartphone para se proteger, encontrar amigos e não se perder pelas ruas.

Antes de cair na festa, é bom deixar seus dados bem protegidos para que ninguém se aproveite deles caso seu smartphone seja perdido ou roubado. Por isso, antes de qualquer coisa, aprenda a proteger com senha as suas conversas no WhatsApp no Android.

Durante a folia

A tecnologia também pode te ajudar durante o Carnaval. Você pode usar o smartphone para marcar encontros com amigos nos blocos de rua. E de um jeito bem fácil, sem ficar trocando mensagens e dando pontos de referência como “estou perto de um semáforo”.

Para isso, é só usar o GPS do seu celular para mostrar, no celular do coleguinha, a sua posição no mapa. Assim fica mais fácil para todo mundo. Dá para compartilhar localização pelo WhatsApp, pelo Facebook Messenger e até pelo próprio Google Maps. 

Na hora de pegar um Uber, especialmente se você estiver já meio alterado pelo álcool, é sempre bom ter alguém de confiança de olho em você. Para isso, você pode compartilhar seu trajeto com alguém, um amigo ou familiar, para que ele acompanhe o caminho que o seu Uber está fazendo através do celular dele.

Depois da folia

A festa acabou, mas no meio da muvuca, seu fiel companheiro acabou roubado ou perdido. O que fazer? Primeiro de tudo, um boletim de ocorrência junto à polícia. Ao fazer isso, as autoridades podem bloquear seu smartphone pelo IMEI, o código universal do seu aparelho.

Se você tem certeza de que o smartphone não foi roubado, mas que você apenas o esqueceu em algum lugar seguro, então você pode usar as ferramentas do sistema para localizá-lo através do GPS pela internet. Usando um computador, você pode ver no mapa onde seu smartphone esteve conectado à internet pela última vez.

Se mesmo bloqueando o IMEI você não se sentir seguro, você também pode impedir o aparelho de se conectar à sua conta – tornando-o praticamente inutilizável para acessar seus dados pessoais. Este “truque” vale tanto para Android quanto para iOS.

Fonte e imagem: https://olhardigital.com.br/dicas_e_tutoriais/noticia/foi-roubado-se-perdeu-veja-como-proteger-seu-celular-e-a-si-mesmo-no-carnaval/83344