Uma falha grave foi encontrada no Google Chrome, especificamente na versão 59. Segundo o pesquisador @lupus_cyber, o navegador possui uma vulnerabilidade de zero dia que permite a execução de um código remoto. Dessa maneira, um invasor poderia executar um código de comando no sistema para, por exemplo, monitorar as atividades do computador — e ainda com a possibilidade […]

Leia Mais →